Jornal de Juatuba, Mateus Leme e Região

Terça-feira, 21 de Maio de 2024
Nosso Instagram
Nosso Instagram

Mundo

Proposta do Brasil para conflito Israel x Hamas deve ser votada hoje

Conflito Israel x Hamas deve ser votada hoje

Patricia Santos
Por Patricia Santos
/ 31 acessos
Proposta do Brasil para conflito Israel x Hamas deve ser votada hoje
Metrópoles
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Conselho de Segurança da ONU, presidido pelo Brasil, continua discussão para tentar diminuir consequências da guerra para civis.

Se a segunda-feira (16/10) não se tornou muito produtiva em termos de resultado para o Conselho de Segurança da ONU, a terça-feira (17/10) chega com a esperança de que o conflito entre Israel e o Hamas se torne menos letal aos civis da região. Hoje, uma proposta do Brasil será rediscutida para se tentar evitar a continuação de uma crise humanitária.

Ontem, duas minutas foram colocadas na mesa, mas apenas uma delas foi votada. Tratava-se do texto apresentado pela Rússia, que pedia um cessar-fogo imediato, além de ajuda humanitária, mas sem condenar diretamente o Hamas. Isso resultou em muitas reclamações entre os diplomatas.

Publicidade

Leia Também:

Então, veio o veto dos Estados Unidos. Os representantes norte-americanos apontaram que a ideia de cessar-fogo imediato contrariava o direito de Israel de retaliar os ataques do Hamas por meio dos bombardeios à Palestina. Até agora, o conflito resultou em mais de 4 mil mortes e lançou a Faixa de Gaza, região onde vivem mais de 2 milhões de pessoas, em uma crise humanitária.

No 11º dia da guerra, os olhos se voltam à segunda minuta apresentada no conselho, com a discussão da proposta feita por diplomatas brasileiros. A votação deve acontecer por volta das 20h (horário de Brasília).

O que diz o documento do Brasil

O documento apresentado pelos brasileiros condena o Hamas pelos ataques e pede que seja suspensa a medida de desocupação exigida por Israel aos moradores da região norte da Faixa de Gaza. Ela será rediscutida nesta terça e tem os seguintes pontos:

  • Condena nominalmente o grupo extremista Hamas pelos atentados terroristas do dia 7 de outubro em Israel.
  • Pede a libertação dos cerca de 200 reféns que estão com o Hamas.
  • Argumenta que Israel reveja a ordem de deslocar os civis do norte para o sul da Faixa de Gaza, por causa da crise humanitária criada.
  • Exige que Israel e Hamas se comprometam com as leis internacionais, principalmente em relação à defesa dos civis.
  • Permite que aconteça a entrada e a proteção de ajuda humanitária na Faixa de Gaza.

Ainda que agrade mais países, entre eles os Estados Unidos, não é garantida a aprovação, já que seriam necessários nove votos do 15 e nenhum dos membros permanentes poderia vetar o texto. A Rússia apresentou emendas à redação, que devem ser apreciadas.

Ainda que não tenham decidido uma medida sobre o conflito, os membros foram unânimes em reconhecer a gravidade da situação a que os cidadãos da Faixa de Gaza estão submetidos e a necessidade de ações humanitárias na região.

 

FONTE/CRÉDITOS: Metrópoles
Comentários:
Patricia Santos

Publicado por:

Patricia Santos

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book

Saiba Mais
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )