Jornal de Juatuba, Mateus Leme e Região

Sabado, 20 de Julho de 2024
Nosso Instagram
Nosso Instagram

Educação

Abertas as inscrições para municípios interessados em participar do Jovens Mineiros Sustentáveis 2024

Prazo vai de 10 a 24/11; A estimativa é de que o programa alcance até 9 mil alunos de redes públicas municipais

Patricia Santos
Por Patricia Santos
/ 34 acessos
Abertas as inscrições para municípios interessados em participar do Jovens Mineiros Sustentáveis 2024
Ingrid Bao
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

As inscrições para municípios que desejam participar do Programa Jovens Mineiros Sustentáveis em 2024 já estão abertas. O prazo vai dessa sexta-feira (10/11) até o dia 24/11. Para o próximo ano, serão selecionados 40 municípios para se juntarem aos outros 104 já participantes da iniciativa de educação ambiental promovida pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad). Com essa expansão, a estimativa é de que o programa alcance até 9 mil alunos de redes públicas municipais de ensino mineiras. 

Os resultados serão divulgados no dia 5/12, no site da Semad. Os interessados podem acessar o edital por meio deste link e conferir todos os procedimentos necessários para se candidatar. 

O programa vem promovendo uma verdadeira revolução ecológica em Minas Gerais, por meio da educação ambiental. Ao levar a sustentabilidade para as salas de aula das escolas municipais, o Jovens Mineiros Sustentável (JMS) transforma a relação dos mineiros com o meio ambiente. 

Publicidade

Leia Também:

Em dois anos, 104 municípios têm sido impactados por essas mudanças, que atravessam as mãos de mais de seis mil crianças e são levadas às famílias, comunidades e autoridades. Na lista de mudanças estão as reduções nas contas de luz e de água, um maior interesse em coletas seletivas e em plantios, e até a mobilização por um parque municipal. 

Com o novo edital, serão mais 80 escolas municipais que passarão a integrar o programa, com uma média total de 3,2 mil estudantes do 5º ano do ensino fundamental. Atualmente, são 6.541 alunos de 185 escolas municipais de Minas. 

Entre os atuais participantes, a percepção dos alunos, educadores e autoridades é de que, com o programa, a visão sobre boas práticas ambientais ampliou e ultrapassou os muros das escolas. Isso porque, segundo os estudantes, ficou mais fácil aprender sobre o assunto, ao aliar teoria e prática, conforme propõe o JMS. As crianças vão a campo aprender o que ensinam as apostilas. Assim, foram feitas excursões em minas, nascentes, em associações de catadores de materiais recicláveis, entre outros lugares. 

Capacitação 

Com uma metodologia que alia teoria e prática, o JMS capacita educadores para levar a temática da sustentabilidade para as salas de aula. Para isso, é feita uma parceria entre a Semad e as prefeituras, na qual a secretaria disponibiliza material didático baseado nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU) e desenvolvido por servidores da pasta. Assim, divididos em tópicos, o JMS propõe atividades escolares de educação ambiental e humanitária, por meio das quais são trabalhados os temas de consumo consciente de água e energia, cidadania, gestão sustentável de resíduos sólidos, educação humanitária e mudanças climáticas. 

Acompanhamento 

As escolas participantes são acompanhadas de perto pela equipe da Semad que, além de grupos em WhatsApp para suporte aos educadores, faz visitas às instituições de ensino para acompanhar o andamento do programa junto aos alunos e educadores. Ainda que o meio ambiente seja assunto abordado em sala de aula há algum tempo, professores observam que o assunto era limitado e pontual. Com o programa, esse monitoramento contínuo da Semad se tornou um impulsionador para as atividades, que passaram a integrar a grade curricular, envolvendo toda a comunidade escolar. 

Histórico 

O programa Jovens Mineiros Sustentáveis foi iniciado no ano de 2021 como o projeto piloto denominado “Educação Ambiental nas Escolas: Um Despertar para o Consumo Consciente” e foi executado em quatro municípios do estado: Campo Florido, Itapecerica, Nepomuceno e Paracatu.

“A ideia foi criar um programa que tivesse uma metodologia estimulante para os alunos e também para os educadores, a fim de ter impactos em toda a comunidade”, conta a gestora ambiental Sophia Lins. 

Segundo ela, após pesquisas e estudos, o programa foi desenvolvido por servidores da Semad, responsáveis pelo monitoramento do JMS. “Estamos felizes com o sucesso do programa e com a receptividade dos municípios. Na primeira edição, em 2022, eram 65 municípios. Este ano, são 104 e, agora, com o novo edital, esperamos mais 40 cidades”, diz. 

Premiação 

No dia 7/12, será feito o evento de premiação das escolas mais empenhadas no programa em 2023. Com cerimônia realizada no Centro Mineiro de Referência em Resíduos (CMRR), em Belo Horizonte, o encontro deve reunir autoridades, educadores e alunos. As instituições de ensino em destaque receberão prêmios doados pelo Governo de Minas.  

 

FONTE/CRÉDITOS: Agência Minas Gerais
Comentários:
Patricia Santos

Publicado por:

Patricia Santos

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book

Saiba Mais
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )