Jornal de Juatuba, Mateus Leme e Região

Sexta-feira, 19 de Julho de 2024
Anuncie Aqui
Anuncie Aqui

Minas Gerais

Dia do trabalhador: conheça origem do feriado de 1° de maio

Data tem reconhecimento internacional e retoma história de opressão vivida pela classe operária durante revolução industrial.

Patricia Santos
Por Patricia Santos
/ 7 acessos
Dia do trabalhador: conheça origem do feriado de 1° de maio
G1
IMPRIMIR
Espaço para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.

Dia do Trabalhador, comemorado nesta segunda-feira (1º), é feriado nacional no Brasil. Mas, apesar de fazer parte do calendário oficial do país, uma pesquisa realizada pelo g1 com cerca de 150 pessoas na região centro-oeste do país, revelou que 98% delas, desconhece a origem ou o real motivo por trás da data.

Com base no dado, o g1 conversou com a historiadora Stephany Krause, que explica:

 

Publicidade

Leia Também:

"O Dia do Trabalhador surgiu de uma greve operária, nos Estados Unidos da América (EUA), em 1886, durante a revolução industrial, com objetivo de conseguir melhores condições de trabalho. O movimento sindical começou isolado em Chicago/EUA, mas ganhou força rapidamente, levando milhões de pessoas a protestarem nas ruas, por melhores condições de trabalho", diz a historiadora

(CORREÇÃO: Esta reportagem inicialmente informou que o Dia do Trabalhador surgiu de uma greve operária, nos Estados Unidos da América (EUA), em 1986, durante a revolução industrial. Na verdade, a Revolução Industrial ocorreu em 1886. A informação foi corrigida às 7h46, desta segunda-feira (1º))

Segundo Stephany, o ato, que começou pacífico em 1 de maio, ganhou caos e violência quatro dias depois, quando a opressão policial começou a ferir e até matar os participantes nas ruas.

No dia 4 de maio, uma manifestação foi convocada na Praça Haymarket, em Chicago, e durante o evento, um homem não identificado lançou uma bomba contra os policiais deixando 15 pessoas mortas.

 

"A policia local prendeu e julgou os supostos acusados de promoverem a revolução, seis deles foram condenados sem provas concretas e receberam pena de morte, um deles cometeu suicídio antes da execução. O acontecimento ficou conhecido como a Revolta de Haymarketpontua a historiadora.

Três anos depois, em 1889, um congresso organizado pela Segunda Internacional — ação que representou a solidariedade aos trabalhadores de todos os países — reuniu, em Paris, na França, partidos socialistas, trabalhistas e anarquistas do mundo todo, onde instituíram o dia 1° de maio como o dia do trabalhador, em homenagem aos mártires do movimento operário.

O movimento iniciado em 1889 reflete ainda hoje em conquistas de direitos para os trabalhadores, como:
  • Redução da jornada de trabalho de 16 para 8 horas diárias
  • Direito a férias
  • Direito a descanso semanal

No Brasil

De acordo com a historiadora, no Brasil, o feriado entrou oficialmente no calendário, somente em 1924, com decreto do então presidente da República, Arthur Bernardes, após protestos populares e movimentos iniciados pelos imigrantes presentes no país.

O ex-presidente, Getúlio Vargas também teve participação no marco da data, ao usar o 1º de maio como propaganda de governo.

 

"A cada 1º de maio, Getúlio anunciava uma nova lei em beneficio do trabalhador, como a criação do ministério do trabalho, a consolidação das leis trabalhistas pela CLT, reajuste do salario mínimo, etc. Ele usava isso, também, como uma forma de controle, para evitar que a população protestasse nas ruas" explica Stephany Krause.

 

 

 

FONTE/CRÉDITOS: G1
Comentários:
Patricia Santos

Publicado por:

Patricia Santos

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book

Saiba Mais
Nosso Instagram
Nosso Instagram

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )